As letras de Heliel


13/08/2017


Escrito por Tety às 12h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

O OLHAR NUNCA PRECISARÁ DE LEGENDAS

HRS

 

Você já sabe o meu nome

Aonde

Aonde

Aonde

Vamos nos encaixar?

Você já tem um codinome 

Por sorte

Por sorte

Por sorte

Eu já sei como te encontrar. 

 

Nos dias mais distantes

Nas nuvens inconsistentes

Presente tão ausente

Atento e tão indiferente 

Uma muralha da China

Entre a gente.

 

Minha sina

Minha usina

De pensamentos 

Inconsequentes. 

Atente

Atente

Atente

Para o que eu vou te falar:

 

Tente

Ao menos

Me olhar.

 

Os olhos nunca precisam

De legendas...

Escrito por Tety às 12h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

"Living in a depressing way"

HRS

 

Tooth by tooth

Who bites the mind?

Who's coming?

Do you miss me?

 

Any time like this

I'm going to fantasize

Just to see you pass

With your best friend

My friend...

 

The worst prison

It is the one that does not have grids.

It is when we are stuck in ourselves

Waiting for the world to set us free.

 

We are always waiting

The most

Believing blindly in those who feel nothing.

 

Tooth by tooth

Who bites the mind?

Who's coming?

Do you miss me?

Escrito por Tety às 12h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Tente não respirar 

Hrs

 

Eu apaguei um vagalume

Espirrei contra a parede

Deitei ao lado do meu cachorro

E comecei a te ouvir. 

Deite-se e tente não respirar

Você verá 

as ruínas da minha alma.

Eu nunca trocaria 

as nossas parcas palavras

Por uma bala de prata.

É assim e será assim para sempre.

Eu repeti nos meus versos

E aprendi, a cada nova batalha:

Que, melhor vive

Quem pouco fala.

Escrito por Tety às 12h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

PELÚCIA 

HRS

 

Corroído pela angústia 

Um corpo de pelúcia 

Quando tudo te assusta

E você não sabe o que busca...

Uma reta pedindo uma curva

Uma trégua querendo uma luta.

Anestesiado pela dúvida 

Congelado pelas dívidas 

Quando você não tem força bruta

E bate no rosto com uma luva...

Covardia sem coragem

Dilacerada pela vontade

E pela culpa.

Escrito por Tety às 12h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

"Juntas"

(Heliel)

 

Você já deu tantas provas...

A sua mais velha

brincando com a mais nova.

Agora sou eu quem vai cravar:

Para te ver crescer

Ele terá que envelhecer.

Eu não vou te deixar.

Eu não vou deixar

o tempo nos passar...

Porque eu quero tudo isso

de volta!

E volta pra casa 

quando a noite chegar.

A vida que nos leva não volta

A vida que vai não volta

Não volta.

Mas eu não vou deixar 

O tempo bom ir embora.

Escrito por Tety às 12h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

04/08/2017


Estrofe

HRS

 

Fazer os outros rirem

Me ajuda a levar a vida

com leveza.

Acalma minha nostalgia

Espanta a minha tristeza.

Troquei verso por estrofe

Ninguém é perfeito!

Não perceberam meu deslize

Tomaram como certo

O meu erro.

Eu percebia teu corpo negro

Preto, lúdico e pomposo 

Com um atrevimento barroco

Sem o vosso consentimento 

Sem o vosso constrangimento...

Eu, meio cego, meio rouco

Lia sem dar cotação

nem preço 

o azedo poema,

Avesso ao reto e ao torto

Sem dó, nem pena

Sem nó, nem trema

Reclamação, cantilena 

Ou um só muxoxo!

Tanto que torto virou reto

E o errado virou certo

Sem convencimento 

e com plena aceitação. 

Desatento ao tento

Lá estava eu

Atento à sua imensidão!

Agora você já pode

Dar sua risada frouxa 

Fingindo não ter 

prestado atenção 

na minha confissão!

Então:

Fazer os outros rirem

Me ajuda a levar a vida

com leveza.

Acalma minha nostalgia

Espanta a minha tristeza.

Escrito por Tety às 23h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/08/2017


Escrito por Tety às 23h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Tente não respirar 

Hrs

 

Eu apaguei um vagalume

Espirrei contra a parede

Deitei ao lado do meu cachorro

E comecei a te ouvir. 

Deite-se e tente não respirar

Você verá 

as ruínas da minha alma.

Eu nunca trocaria 

as nossas parcas palavras

Por uma bala de prata.

É assim e será assim para sempre.

Eu repeti nos meus versos

E aprendi, a cada nova batalha:

Que, melhor vive

Quem pouco fala.

Escrito por Tety às 23h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

23/07/2017


Blog não orfanato 

HRS

 

No escuro do quarto

Do orfanato

Dois pirralhos transam

Enquanto os puritanos 

Tramam para se manterem

No poder.

É meu dever anotar 

É minha missão revelar

A demagogia 

A covardia

E a sordidez 

Dos quê se dizem puros e Santos.

Mas estão sempre prontos e são rápidos em julgar

Em condenar

Aqueles que não seguem seus planos.

Não acredito em religião 

Vivo a rebelião das massas,

das máquinas,

A automação e inteligência artificial

Esperando o meu ponto final.

Enquanto isso

Eu grito:

É meu dever lutar

Contra a demagogia

A covardia

E a sordidez

Dos donos do poder e da boa fé

Dos outros.

Escrito por Tety às 19h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Tety às 19h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Tety às 19h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Tety às 19h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

The SIRI (long version)

HRS

 

They post

They combine

Alcohol and direction.

They do not hammer your legs.

Do not hammer your brains

Malham the life of others

With cell phones at hand.

They arrive with the car and the loud sound

Telling you to go to the floor

With mixogenous songs.

In the head, the cap

Professing the faith

Whom they imitate.

They are always showing the bellies worked on narcissism

A clone, a "party partner",

a cat!"

A crab.

They are in fashion

Nothing else matters!

They are the kings of drinks

They are always at the gym and in videos showing up on social networks

Drinking and Driving

To the sound of myxogenic songs

That "girls love".

A new generation is coming

Enter another generation

A new invention arrives

A new invention enters

And they're still here.

The siris.

Escrito por Tety às 19h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

06/01/2017


ILHA

HRS

 

Essa é para parar aqui

Ilhas da mente

Sobrevivendo o calor

O que eu vi

O que eu vivi

Parte sem si

Parte em dor

Foi por muito tempo...

E pouco foi bom.

Essa é para ficar aqui

Uma parte é o dom

A outra é o meu mau humor

Eu sou tudo o que você não está vendo

Escrevendo por amor.

Escrito por Tety às 00h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Histórico